(11) 3107-4788 edipro@edipro.com.br     

Aluísio Azevedo

aluisio-azevedoAluísio Tancredo Gonçalves de Azevedo nasceu em São Luís do Maranhão, em 1857. Aos 19 anos de idade, foi para o Rio de Janeiro. Valendo-se de seu talento como desenhista e de seu espírito crítico, trabalhou como caricaturista em jornais políticos e humorísticos. Com a morte do pai, retornou à cidade natal e colaborou em jornais escrevendo sátiras sobre o conservadorismo do meio maranhense. Abolicionista convicto, também lutou contra as injustiças sociais, o obscurantismo do clero e a estrutura repressiva da sociedade. Em 1881 publicou o romance O Mulato, obra que introduziu o Naturalismo no Brasil. Depois de pesadas críticas, resolveu mudar-se novamente para o Rio de Janeiro. Lá, especializou-se como escritor e, de 1882 a 1895, escreveu romances, contos, operetas e peças de teatro. Seus escritos oscilam entre o romantismo de tons melodramáticos, de cunho comercial para o grande público, e o naturalismo, em obras mais elaboradas, deixando a marca de precursor do movimento. Abandonou a literatura aos 38 anos de idade, desencantado com os editoriais, e ingressou na vida diplomática, onde serviu na Espanha, no Japão, no Uruguai, na Itália, no Chile e na Argentina. Faleceu em 1913, em Buenos Aires, aos 56 anos.

 

Quick View
close