• 0 Bloquear este fornecedor com todos os itens - R$0.00
    • Nenhum produto no carrinho.

Autor

Júlia Lopes de Almeida

Júlia Lopes de Almeida (1862-1934) foi uma das principais escritoras de sua geração e uma das idealizadoras da Academia Brasileira de Letras. Oriunda de um lar moderno, que estimulava a leitura, e casada com o poeta português Filinto de Almeida, encarou o ofício da escrita com diligência, alcançando uma obra prolífica e de inestimável qualidade. Começou sua carreira aos 19 anos, na Gazeta de Campinas, em uma época em que a participação da mulher na vida intelectual era muito rara. Por mais de trinta anos, colaborou com o jornal carioca O País. Apoiava o abolicionismo e a República. Ao longo de sua carreira, produziu contos, peças, romances, crônicas e livros infantojuvenis. Acabou esquecida nas décadas de 30 e de 40, com o Modernismo, e teve seu nome excluído da lista da primeira reunião da Academia Brasileira de Letras. O motivo: a exclusão de mulheres da Academia, que só seria revogada em 1977, com a concessão de uma cadeira a Rachel de Queiroz. Seu marido ocupou a cadeira de número 3 da Academia Brasileira de Letras, entre os fundadores, sempre afirmando que sua esposa era a merecedora do posto.

Livros do Autor